8 de fev de 2010

Como fazer um Plano de Aula

Vamos por etapas:
É comum professores cometerem um grave erro ao montarem um Plano de aula: fazê-lo para si próprio.
O Plano de aula deve ser feito para o aluno!
Como assim?!
Você deve estar se perguntando...
É simples: o centro de um Plano de aula é, sem dúvida, o aluno!
Como vai aprender e como vai receber o que você está propondo.
É preciso fazer com que o aluno estude para aprender e não para “passar de ano” e você só conseguirá isto se fizer um Plano de aula, onde ele (o aluno) é o “tema central”.Mas o que eu, como professor (a), pensa não conta?É claro que sim, pois nós, educadores, somos os responsáveis por propiciar situações em que o aluno se aproprie do conhecimento.

Lembre-se: o aluno não é um ser que não sabe nada e vai à escola para aprender tudo com o professor, que é o detentor do saber.
Agora que já “sabe” que o tema central do Plano de aula deve ser o aluno, você deve preocupar-se em criar situações interessantes para sua aula.
Como são seus alunos?
Do que mais gostam? Ouvir histórias, dançar...?
Evite pensar: “Como vou ensinar isto à turma?” e pense:
“Como meus alunos irão aprender isto?”.
O processo de ensino-aprendizagem é uma troca gostosa: você aprende com seus alunos e eles com você, pois cada criança já chega à escola com conhecimentos diversos... Assim como o professor...
Os alunos não são todos iguais, logo não aprendem da mesma forma.
O educador deve conhecer e respeitar seu aluno. Respeitar seus limites, suas dificuldades, sua opinião...

Vamos para a prática!

Primeiro
– TEMA GERADOR:
Sua aula será sobre o quê?
Segundo
– OBJETIVO:
O que seu aluno deve FAZER SABER e SER?FAZER – o que seu aluno vai fazer durante a aula? Pintar?
Dançar?
Escrever?
Recortar?
Colar?

SABER – a atividade que seu aluno desenvolveu o levou a saber o quê? O que ele “aprendeu”?
SER – a atividade que seu aluno fez o levou a se apropriar de um conhecimento, certo? Como este conhecimento acrescentará nele (o aluno) como pessoa, cidadão?Terceiro –

PROCEDIMENTOS: como será desenvolvida a sua aula? Como proceder para que o aluno
FAÇA, SAIBA e SEJA?!

Quarto –
AVALIAÇÃO:
como você avaliará seu aluno? (Não fique sentado durante o desenvolvimento das atividades, circule pela sala de aula observando-os e tirando, possíveis, dúvidas.
Elogie, estimule, avalie!).

Algumas idéias!
Monte um Plano de aula em que o aluno participe.
Promova debates, ouça-os e faça com que ouçam a você (“eu utilizo muito a frase:
Quando um fala o outro escuta!”).
Criança gosta de se sentir útil, promova brincadeiras para escolher o AJUDANTE DO DIA (em minhas aulas o ajudante conta uma história ou narra um fato que aconteceu em sua vida, para a turma!).
Decore a sala com enfeites confeccionados por eles mesmos.
Evite abstrair em suas aulas (principalmente na Educação Infantil) quando falar em “algo” leve “este algo” para que a turma veja.
Se não puder levar, consiga fotos e mostre a eles.
Não crie situações complicadas demais, ofereça desafios pertinentes à idade de seu aluno.
Fale de situações que lhe sejam familiares, cite o nome de algumas crianças e peça, se estas se sentirem seguras para tal, que contem como foi seu dia, ou como foi sua última festa de aniversário...
A partir daí conduza a aula de acordo com o TEMA GERADOR e vá inserindo os conteúdos propostos


PLANO DE AULA(Eu utilizei este Plano de aula com uma turminha da CA – Faixa etária 6 anos)

TEMA GERADOR: Noções de lateralidade

OBJETIVOS:
Dançar a música “Roda, roda, roda e não saia do lugar” – CD Xuxa só para baixinhos 2;
Pintar, recortar e montar um boneco;
Trocar de lugar com colegas de turma observando quem está ao seu lado DIREITO e ao seu lado ESQUERDO;
Escrever o nome do colega que se senta à sua ESQUERDA e à sua DIREITA (fazendo interdisciplinaridade com Português);
Falar de situações que envolvam o Tema gerador (Lateralidade) presentes em seu dia-a-dia;
Saber distinguir o DIREITO do ESQUERDO, após desenvolver as atividades propostas neste Plano de aula;
Compreender que a lateralidade está em sua vida, associando o que está sendo proposto com situações de seu dia-a-dia.

PROCEDIMENTOS:
Iniciar a aula abordando o TEMA GERADOR através de um debate com a turma respeitando suas experiências prévias;
Dançar a música “Roda, roda, roda e não saia do lugar” – CD Xuxa só para baixinhos 2;
Trocar de lugar com os colegas (corrida do bonde), observando quem está ao seu lado DIREITO e ESQUERDO;
Após a brincadeira pintar, recortar e montar o boneco;
O ajudante do dia, ou outra criança que o queira, contará uma História (ou alguma situação que tenha acontecido em sua casa) sobre o Tema gerador;
Escrever no caderno (atividades propostas no quadro-de-giz) o nome dos colegas que se sentam ao seu lado DIREITO e ao seu lado ESQUERDO”“.
AVALIAÇÃO:
Avaliar durante as atividades: estimulando, orientando e desafiando os alunos;
Registrar os avanços da turma, de uma forma geral, e individualmente, de cada criança. Desta forma acompanhando o desenvolvimento dos alunos.

Só ensina bem quem sabe aonde quer levar os alunos e se prepara para chegar lá!

A atividade de planejar é considerada complicada, chata e burocrática por boa parte dos professores!
Planejar é simples... Defina os objetivos e o caminho para alcançá-los.
É preciso caminhar muito, mas quem faz o percurso encontra a chave para o sucesso!




OS DEZ MANDAMENTOS PARA BEM PLANEJAR!
1) ESQUEÇA A BUROCRACIA
Antes o Plano vinha pronto, em pacotes. Hoje quem leciona tem espaço para criar!


2) CONHEÇA BEM DE PERTO O SEU ALUNO
Pergunte-se sempre: “O que meu aluno deve e pode aprender?”.

3) FAÇA TUDO OUTRA VEZ (E MAIS OUTRA)
O planejamento deve ser sempre alterado, de acordo com as necessidades da turma.


4) ESTUDE PARA ENSINAR BEM
Uma pessoa só pode ensinar aquilo que sabe, porém é preciso, também, saber como ensinar.


5) COLOQUE-SE NO LUGAR DO ESTUDANTE
Você deve saber se os temas trabalhados em sala são importantes do ponto de vista do aluno.


6) DEFINA O QUE É MAIS IMPORTANTE
Os critérios para estabelecer o que é mais importante ensinar devem ser as necessidades dos alunos.


7) PESQUISE EM VÁRIAS FONTES
Toda aula requer material de apoio. Busque informações em livros, em revistas, na Internet...


8) USE DIFERENTES MÉTODOS DE TRABALHO
Métodos como: aulas expositivas, atividades em grupo e pesquisas são excelentes aliados!


9) CONVERSE E PEÇA AJUDA
Converse com os colegas! Aproveite as reuniões!


10) ESCREVA, ESCREVA, ESCREVA
Compre um caderno e anote, no fim do dia, tudo o que você fez em classe. Esta é uma forma de você analisar o que está ou não dando certo em seu trabalho!



* Recebido do Grupo do Google *

Um comentário:

  1. adorei tanto que postei no seu blog, caso ache necessário retirar me avise, mas coloquei os creditos, beijos e será bem vindo aos meus blogs, ok
    beijossssss shuly marina


    1) Blog de Artesanato: http://shulymarina.blogspot.com/
    2) Blog de professora da EJA: http://ejanasuavida.blogspot.com/
    3) Blog de selinhos:http://selinhosdaxuxuzinho.blogspot.com/

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2009-Reneide Soares. All rights reserved